Poesia

Busco meus poemas

 

Busco os meus poemas
        no mato e nas minas d’ água.

Preguiçoso, não me preocupo
       em passar minhas camisas.

E meus cabelos desgrenhados
        não me impedem de pedalar.

e todos os dias flutuo,
        suspenso, entre o céu e o mar.



(Foto: aqui)