Contos

Arte da Guerra - Décimo capítulo

ZunZun Ci, um dos maiores estrategistas que o mundo conheceu, recria aqui sua Arte da Guerra, especialmente para jovens às portas da universidade, na guerra do vestibular. Daí a necessidade de cada um se preparar para o combate. O notável estrategista chinês fala: “Concentre suas forças e procure harmonizar diferentes elementos, internos e externos, do corpo e do espírito na hora da batalha.”Para os jovens, diz: "Se marcar bobeira, vai se ferrar, meu galo!", e "você também vai se ferrar, minha águia!" Este é o décimo dos 13 capítulos de A Arte da Guerra.

 

 

 

10. Do enfrentamento direto e indireto

ZunZun Ci 10. 1.

 

ZunZun Ci disse: Concentre suas forças e procure harmonizar diferentes elementos, internos e externos, do corpo e do espírito na hora da batalha. 1

1. "Chang Yu disse: "crie harmonia e confiança antes de se aventurar no campo de batalha;”. Ele cita Wu Tzu (cap. 1, ad init): “Sem a harmonia do corpo e da mente nenhuma expedição chega a bom termo.” Em um romance histórico, um personagem chamado ZunZun Ci, do escritor Wu Yuan diz: “Como regra geral, quem vai fazer um vestibular deve se livrar de todas as preocupações domésticas (aluguel que não foi pago, vazamento do chuveiro, cornos) concentrando o ataque no inimigo externo – a prova”. 

Cappa, Giles VII.1,2.

ZunZun Ci 10. 2.

 

A fase de manobras táticas nunca é fácil.1 A dificuldade maior da manobra tática consiste em ter em ponto de bala tudo o que foi aprendido, pronto para ser desatado, eliminando o medo.2

1.Eu me afastei um pouco da interpretação tradicional de Ts`ao Kung, que diz: “Depois de reunir todo o material necessário até a hora decisiva, as táticas a serem empregadas são importantes. Ch`ien Hao observa: “Para reunir suas forças, concentrar e harmonizar o corpo e a mente muitas velhas regras podem ser seguidas. Difícil é entrar no campo de batalha e se dar conta de que “agora tudo comigo!” Ts`ao Kung acha que começa bem antes: “No caminho, pense em outra coisa. Nos passarinhos. Naquela bolita de gude que você guardava dentro da gaveta. Naquele jogo de amarelinha, que você pulava, pulava, pulava, achando que logo entraria no céu”. Tu Mu diz: “antecipe-se, acelere para chegar logo e ainda ter tempo de respirar fundo e começar resoluto”. Ho Shih dá um conselho diferente: “Embora você, neste último ano, tenha trabalhado a valer, sabe que agora vai transformar em vantagens tudo o que aprendeu... Pense nas dificuldades de Hannibal que atravessou os Alpes com seus elefantes, passando imensas dificuldades, mas se viu com a Itália a seus pés. Mas lembre-se, finalmente, que o exemplo de Hannibal e os elefantes é criação retórica. Não queira levar para o local de prova bichinhos de estimação, especialmente elefantes.”

Cappa, Giles VII.3.

ZunZun Ci 10. 3.

 

A arte de aproveitar o perto e o longe consiste em manter as forças inimigas distantes de onde você se recolhe antes da batalha. Consiste em afastar os pensamentos derrotistas, achando que ganhar está além das suas forças. Consiste em ficar atento ao revisar o que estudou, para não se surpreendido. Mais uma vez: desvie de seu rumo o que dispersa. Dispersa de seu rumo o que desvia.

Cappa, Giles VII.4.

ZunZun Ci 10. 4.

 

Recolher-se antes do combate não significa se isolar do mundo. O bom guerreiro, mesmo recolhendo-se, permanece vigilante. Não empreende ações dispersivas, que dificilmente se transformarão em vantagem. Disciplina, antes de tudo. Manobras com um exército disciplinado é uma coisa; com uma multidão desordenada, bem outra.1

1. Adoto aqui os ensinamentos de T´UNG TIEn, de Cheng Yu-hsien e de T`u Shu. Esses comentaristas tratam de como a vigilância é importante, mesmo nos instantes que precedem o combate: “Dispersar a mente em outros interesses pode ser útil, desde que se procure transformar dispersão em vantagem. Wu Di, durante a Dinastia Han, preparava a cavalaria para uma batalha, quando soube que as normas de combate tinham sido mudadas, com a adoção, por Shen Hsin, do código E Nem - séculos depois, o chamado ENEM, ou Exame Nacional do Ensino Médio do Reino do Meio. Quando lhe disseram que devia preocupar-se com a prova e não com burocracias ou editais, desconversou, mas, atento ao que acontecia, soube que pelo ENEM haveria um número de perguntas três vezes superior aos exames tradicionais, inclusive mudando o sistema de aplicação de provas e a formulação de perguntas. Depois de transformar em vantagem essas manobras dispersivas do inimigo [as provas passaram a nacional, afastando-se de procedimentos e cores locais] foi vitorioso e afirmou: “se não tivesse ficado atento, examinando as manobras do inimigos, estaria em desvantagem!”.

Cappa, Giles VII.5.

ZunZun Ci 10. 5.

 

Vá para a guerra bem equipado, para conseguir vantagens e aproveitar a chance. Não seja como aquele guerreiro que chega para batalha, dá um suspiro, e pergunta: viram meu lápis? Onde está minha caneta? Que prova tem hoje? “Equipado” significa “com os equipamentos permitidos”. Evite se apetrechar com armas inúteis ou proibidas. Cinco dicionários do Houaiss debaixo do braço o tornará mais lento. Cinco caixas de lápis de cor e uma de giz de cera, também!1

1. Algumas partes dos textos chineses são de difícil entendimento para comentaristas, que preferem uma paráfrase para expressar o que leram. Eu faço minhas adaptações como posso, mesmo com o perigo de incongruências. O que fica claro, em resumo, é que ZunZun Ci não acha conveniente ir para uma prova de vestibular sem nenhum equipamento – lápis, caneta, lanchinho... Cf. infra, ss. 11.

Cappa, Giles VII.6.

ZunZun Ci 10. 6.

 

Procure revisar os conteúdos da prova do dia, e não do dia anterior ou do dia seguinte. Se a prova é de Química, não se apresente, murmurando: “Estou afiado em espanhol”. Se a prova for de Matemática, não empregue seu tempo estudando Literatura Javanesa no período clássico.

Revise o que tem mais probabilidade de cair e passe rapidamente pelo que sabe com segurança. Não passe horas e horas estudando a tabuada (dois mais um, três; três menos um, dois) que você sabe de cor e salteado desde o curso fundamental. Esse precioso tempo pode ser empregado em conteúdos mais complexos. 

Cappa, Giles VII.7,8.

ZunZun Ci 10. 7.

 

Se você chega alguns dias antes ao local da prova e fica de pé esperando o momento de abrir o portão, vai se cansar: perda de tempo, a prova ainda demora.

Se você chegar alguns dias depois da data da prova e fica esperando o momento de abrir o portão, é inútil: a prova já aconteceu. 1

1. ZunZun Ci parece reafirmar aqui o que já tinha dito antes. Quer apenas chamar a atenção para esse aspecto fundamental do vestibular, pondo em guarda os avoados.

Cappa, Giles VII.9,10.

ZunZun Ci 10. 8.

 

Não seja negligente com tudo o que possa contribuir para a boa ordem, saúde e segurança. Que seus equipamentos estejam em ordem, inclusive a roupa. A alimentação deve ser regrada. Víveres conduzidos para o local do combate [lanchinho] devem ser saudáveis. Víveres armazenados em guarnições, para a seqüência da luta, abundantes: estômago roncando de fome dispersa os melhores guerreiros. 1

1. Eu penso que ZunZun Ci quer dizer "comida armazenadas." Mas Tu Yu diz "forragem e similares," Chang Yu diz "Provisões em geral," e Wang Hsi ; "dinheiro na carteira para o ônibus."

Cappa, Giles VII.11.

ZunZun Ci 10. 9.

Não se descabele!

 

ZunZun Ci 10. 10.

 

 

Evite fazer alianças, a menos que esteja familiarizado com os desígnios dos seus vizinhos.

Cappa, Giles VII.12.

ZunZun Ci 10. 11.

 

Estamos prontos para o combate desde que estejamos familiarizados com alguns aspectos do lugar, como a topografia do terreno e sistema de transporte: saber onde é a parada de ônibus, saber como funcionam os táxis, ter localizado as armadilhas e precipícios, pântanos e lodaçais.  

ZunZun Ci 10. 12.

 

Evite ser sonso, se bem que é próprio do sonso não evitá-lo. Mesmo se nossos vizinhos estão no mesmo combate, não se perde nada ao trocar algumas palavras com eles, especialmente com os de mais experiência.

Não experiência excessiva, pois esses mostram que ainda não conseguiram a vitória, apesar da longa experiência.

Se ainda não está acostumado com a dinâmica do terreno, por que não pedir informações?1

1. ss. 12-14 estão repetidos no cap. XI.

Cappa, Giles VII.14.

ZunZun Ci 10. 13.

 

Faça com que sua rapidez seja a do vento1 e sua solidez, a da floresta. 2

 

1. A figura é sem dúvida apropriada, porque o vento não é apenas rápido, mas refrescante.  Mei Yao-ch`en diz: "quase invisível, sem querer aparecer."

2. Meng Shih tem uma nota curiosa: "Quando estiver respondendo a pergunta muito devagar, seja vigilante sobre o que tem ainda pela frente. Seja denso e compacto nas respostas, evitando divagações nada têm a ver com a prova”.

ZunZun Ci 10. 14.

 

Prefira vestibular que começa pela manhã, porque a mente estará mais desperta; pela tarde, no verão, faz calor; e de noite você sentirá sono. Se o vestibular for às três da manhã, desconfie, é armadilha!

1. Sempre cuide de tomar café antes de sair para o campo de batalha. Evite comilança, achando que as perguntas difíceis evitam quem tem barriga grande. Se assim fosse, todo rei Momo seria doutor. Na batalha de Trebia, os romanos fizeram um banquete e se empanturraram, enquanto os soldados de Hannibal tomavam um café rápido, para não perder tempo e agilidade. Veja Livy, XXI, liv. 8, lv. 1 e  8.

Cappa, Giles VII.28.

ZunZun Ci 10. 15.

 

Um hábil vestibulando, portanto, vai para a prova de espírito alerta.1 Evite cochilar durante a prova, ou perguntar se pode responder algumas perguntas amanhã. O vestibular é também uma oportunidade de se estudar o estado de espírito dos jovens.

 

1. Problema na tradução chinesa: vestibulando de espírito alerta, não a prova.

Cappa, Giles VII.29.

ZunZun Ci 10. 16.

 

Disciplina e calma. Calma e disciplina. Não dê atenção se alguém está promovendo desordem, blábláblá e rarará. Contenha-se.

Cappa, Giles VII.30.

ZunZun Ci 10. 17.

 

Vestibular é também preparo físico. Se os outros vestibulandos estão bêbados, chapados ou lentos, aborrecidos ou desmilinguidos; se estão fatigados por noites de arromba: não siga o caminho deles, cultive o espírito alerta.

 

Cappa, Giles VII.31.

ZunZun Ci 10. 18.

 

E contra o axioma da batalha começar a responder do meio para o começo ;

Não responda questões que não foram formuladas, mesmo que você gostaria que fossem.

Não deixe de responder perguntas difíceis, a pretexto de só gostar das mais fáceis.

Não responda só as perguntas difíceis, a pretexto de que responder as fáceis é se rebaixar.

Não responda uma pergunta sim e outra não, a pretexto de ser alternativo.

Trate com atenção as perguntas capciosas. Elas escondem veneno no rabo. Não no rabo delas: no seu.

Não invente perguntas.

 

 

Cappa, Giles VII.33-36.

 ZunZun Ci 10. 19.

 

 

Não peça explicações ao seu vizinho, que engoliu a caneta e agora mastiga a folha da prova..

Cappa, Giles VII.37.

 ZunZun Ci 10. 10.

 

Essa é a arte da guerra.